Policia Militar desarticula traficante que estava agindo em Querência

A Policia militar obteve êxito na prisão de um traficante que estava agindo em Querência há algum tempo, através de sua convivente, por volta das 09:00 horas da manha de hoje a comunicante descobriu uma traição, e ligou para central de atendimento informando, onde seu esposo estava, afirmando também que sabia onde ele escondia  as drogas e uma arma de fogo.

Diante da informação a guarnição de serviço deslocou imediatamente para o hotel informado pela comunicante que estava lá junto com o suspeito, a todo o momento a comunicante reforçava que seu esposo era traficante e que sabia onde estava a droga, diante disso a guarnição os acompanhou até a residência deles, onde a mesma mostrou para guarnição policial uma grande porção de droga “maconha” entre um monte de brita (cascalho) escondida nos fundos do quintal.

Numa busca minuciosa no quintal da casa encontraram um invólucro (embalagem) aparentemente de pasta base de cocaína, no entanto, na residência não foi localizado a arma de fogo mencionada pela comunicante, mas foi encontrado varias pedras de uma substancia análogas a pasta base de cocaína, quatro depósitos de valores iguais 1,250,00 (um mil e duzentos e cinqüenta reais), com nomes e datas diferentes, duas munições de calibre 38, sendo uma “picotada” e outra intacta e uma grande quantidade de moeda, num buraco na parede foi encontrado mais substancia análogas a maconha,  a perspicácia do policial militar atrás da porta numa mesa aranhada havia faca e resíduos de uma substancia análoga a pasta base de cocaína, e embaixo sacolas de plástico picotadas e recortadas.

Foi dada voz de prisão ao suspeito e encaminhado para central de atendimento, juntamente com a comunicante e uma motocicleta, no ato da elaboração da ocorrência a comunicante menciou que o suspeito utilizava a motocicleta CG Honda 150 de cor preta para fazer “correria” na cidade, o policial experiente realizou uma revista minuciosa no veiculo e no capacete, encontrando no forro do capacete um envolucro contendo uma substancia aparentando ser basta base de cocaína, nisso o suspeito estava nervoso e com certa agitação, desconfiaram de sua atitude, onde encontraram varias notas de pequenos valores no bolso do suspeito, característico de quem fazem a pratica de venda do entorpecente.

O suspeito José Orlando Costa Bezerra de 28 anos, e um velho conhecido da policia com algumas passagens, a sua então ex convivente afirma que já havia ameaçado ele, caso ele o traísse ou continuasse a agredi la, segundo ela não era conivente com que ele fazia, mas que por receio não o denunciou antes.

radioalternativafm87

Responder

comment-avatar

*

*