Polícia toma o posto da mata, usa a força e proíbe imprensa de trabalhar

Força Nacional, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal invadiram neste momento o posto da mata, mais de 50 viaturas chegaram por volta das 06:00Hrs da manhã no local, com policiais encapuzados e fortemente armados.

Segundo informações extraoficiais, os policiais fecharam os dois acessos ao posto da mata e estão usando a brutalidade para a retirada das famílias que ali residem, mandando todos irem pra casa e dizendo que acabou o prazo para a desocupação do Posto da Mata.

A ordem é de que ninguém sai e ninguém entra no local, homens, mulheres e crianças estão desesperadas.

O agência da Notícia está com uma equipe no local sendo a Repórter Camila Nalevaiko, o cinegrafista Gustavo Tonetto e o fotógrafo Fábio Tonetto, os mesmos estão sendo coagidos neste momento e proibidos de realizarem os seus trabalhos.

Informação atualizada em 10:50Hrs

Informações que chegam a nossa redação é que foram presos alguns manifestantes e um líder do movimento, a polícia informou agora pouco que o posto da mata vai ser usado como base da força nacional.

A Força Nacional esta passando de casa em casa pedindo para que as 800 famílias não saiam de suas casas, para não acontecer aglomerações e dará mais 10 dias para a desocupação total da gleba Suiá Missu.

A polícia proibiu e disse que tem uma ordem da FUNAI para que a imprensa local não possa fazer qualquer tipo de imagem e divulgação de acontecimentos no posto da mata durante a desintrusão, segundo nossos correspondentes a FUNAI tem sua própria imprensa no local e somente ela tem direito a divulgação de imagens, contendo todos os equipamentos para colher as imagens necessárias.

Essas imagens serão usadas pelo Governo Federal para comover a sociedade e destorcer a verdadeira forma de ação da polícia no local.

Segundo informações de Raphael Braynner que foi empedido de colher qualquer tipo de imagem no local.

agenciadanoticia.

Responder

comment-avatar

*

*