População de Canarana faz exames oftalmológicos

Ainda era noite de segunda-feira (07.11) quando as primeiras pessoas começaram a chegar ao Estádio Municipal de Canarana em busca de atendimento da Caravana da Transformação. Às 5h desta terça-feira (08.11), quando os portões foram abertos, cerca de 800 pessoas já estavam na fila.

A primeira delas era Vanilza Coelho, de 27 anos, moradora do município de Canarana. Ela conta que chegou às 20h de segunda-feira porque viu na Caravana uma oportunidade única de transformar sua vida. Vanilza tem pterígio, que é uma formação carnosa que avança sobre a córnea do olho. “Ouvi na propaganda da rádio que teria a Caravana e aproveitei para vir, cheguei cedo para garantir o atendimento porque se eu fosse fazer uma cirurgia seria caríssima”, disse.

Alcelina da Tocha Ribeiro, de 82 anos, chegou por volta das 4h. Cadeirante, ela foi a primeira a ser atendida nesta terceira edição. “Eu fiz a cirurgia em um lado da vista e agora tenho que fazer do outro. O lugar aqui é muito bom e fui muito bem atendida pelo pessoal”, comentou.

Selmo Toebe, de 70 anos, precisa fazer a cirurgia em um dos olhos. Quando precisou operar o primeiro olho, ele teve de esperar quase um ano entre o dia da consulta e o dia da cirurgia e também precisou encarar 823 km de estrada para chegar a Cuiabá.

O secretário de Estado de Governo, José Arlindo Oliveira, que coordena a Caravana da Transformação, conta que o primeiro dia da terceira edição demonstra a carência da região Araguaia pelos serviços que ofertamos na iniciativa.

“Hoje é o primeiro dia dos atendimentos de saúde em oftalmologia e odontologia. Temos capacidade para atender 800 pessoas em oftalmologia, quando passamos desse número, a pessoa volta no outro dia. Reservamos esses dois primeiros dias para receber os moradores de Canarana. Na quinta-feira (10.11) passamos a atender os municípios vizinhos. Nossa expectativa é de fazer duas mil cirurgias”, afirmou.

Segundo Arlindo, nestes dois primeiros dias as pessoas farão consultas e, em caso de necessidade de cirurgia, receberão uma guia para realizar o procedimento a partir da próxima quinta-feira. Por dia, serão feitas 300 cirurgias oftalmológicas.

Cidadania

Além dos atendimentos em saúde, a Caravana da Transformação também contempla ações de cidadania que, nesta edição serão realizadas nos dias 11 e 12 de novembro (sexta-feira e sábado). Nos dois dias, serão realizados serviços de emissão de documentos (RG, CPF, Carteira de Trabalho e Carteira de Pescador Amador). Também serão ofertadas orientações sobre combate à violência contra a mulher, seleção para vagas de trabalho pelo Sistema Nacional de Emprego (Sine), entre outros benefícios.

Nos dias 11 e 12, chamados “Dias D”, a Caravana da Transformação contará com a participação do governador Pedro Taques. Na oportunidade, o chefe do Poder Executivo Estadual receberá demandas dos prefeitos e consórcios e buscará solução para problemas enfrentados pelos municípios do Vale do Araguaia.

Junior Silgueiro / Gcom-MT

Responder

comment-avatar

*


*