Prefeito Beto de Barra do Garças denuncia seu parente Wanderlei Farias

O prefeito de Barra do Garças Roberto Farias (PSD), em entrevista coletiva, divulgou o balanço financeiro deixado pelo ex-prefeito Wanderlei Farias (PR).

Segundo ele, o município perdeu cerca de R$ 25 milhões de recursos da Caixa Econômica Federal, que seriam destinados a manutenção, reforma e implantação de obras. Perdeu também R$ 1 milhões, do fundo de previdência Barra Prev, devido a mau investimento.

O prefeito já havia adiantado a situação em que o republicano deixou a prefeitura, que ele classificou como engessada. Conforme Beto, o prédio onde o Executivo está instalado também se encontra precário, com infiltração, parte elétrica em péssimo estado, paredes rachadas, janelas e portas quebradas e faltam equipamentos básicos como computadores e telefones. O republicano, segundo Beto, deixou o município na inadimplência pela falta de pagamento à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Com isso, os pedidos de recursos, emendas e convênios não podem ser viabilizados.

Com a derrota nas urnas, representado pela sobrinha e ex-vereadores Andreia Santos (PR), Wanderlei teria abandonado a cidade, deixando ruas esburacadas e sujas, quadras de esporte e lazer inutilizadas. Na área de educação, as escolas estão precárias, os ônibus sucateados. Outra atitude tomada por Wanderlei foi à contratação de funcionários no intuito de inchar a máquina em setores menos urgentes. Diante da situação, Beto quer abrir procedimentos administrativos para investigar o passado da prefeitura. De acordo com o prefeito, existem servidores que recebem sem trabalhar e a ideia é demiti-los.

RDNews

Responder

comment-avatar

*

*