Prefeito de Novo Santo Antônio escapa da morte por calote de contratantes de pistoleiro

O Prefeito de Novo Santo Antônio Eduardo Penno (PMDB) registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil nesta terça-feira (09) por ameaça de morte. Em entrevista exclusiva ao Agência da Notícia na manhã desta quarta-feira (10), o prefeito confirmou a informação e contou como foram as ameaças recebidas.

De acordo com Eduardo Penno que é prefeito de primeiro mandato, ele estaria recebendo mensagens com ameaças desde o inicio de junho, de acordo com eles algumas mensagens recebidas diziam: “Os seus dias estão contados”, “A festa vai acabar”, era o teor de algumas mensagens que vinham com o número restrito. Porém na tarde desta terça-feira uma nova mensagem chegou no celular do prefeito, e dizia: “Você tem sorte, Deus deve gostar de você”. O Prefeito contou ao Agência da Notícia que está mensagem diferente das outras havia um número de celular, no qual ele não hesitou e retornou a ligação e pôde conversar com o homem que teria sido contratado para mata-lo. “Eu liguei e ele atendeu, ele me disse que era do Nordeste e que estava na região há alguns dias para me matar. Ele tinha sotaque nordestino e disse que ficou alguns dias em Alto Boa Vista, e chegou a vir em Novo Santo Antônio, onde descreveu minha casa, meus cachorros. Ele disse que era pistoleiro profissional e que só não me matou porque os contratantes teriam dado o calote”, contou o Prefeito em entrevista ao Agência da Notícia.

O Prefeito disse estar assustado com a informação, mas que as providencias cabíveis estão sendo tomadas, o boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de polícia civil para que o caso seja investigado. Além disso, o Prefeito pede urgência na investigação e providencias por parte do Governo do Estado. “Já registrei o boletim de ocorrência e confio no trabalho dos companheiros da Polícia Civil e no delegado Regional Ronan Gomes Vilar que está a frente do caso. Também já solicitei providencias por parte do estado além de segurança especial”, disse o Prefeito.

O prefeito disse ao Agência da Notícia que não acredita em trote, e que a ameaça foi verdadeira. “O sotaque dele era nordestino e ele foi bem enfático, disse que se não fosse o calote, eu já estaria fedendo. Além disso, as informações que ele deu sobre a minha casa e minha família também foram bem detalhadas, ele tinha muito conhecimento”, disse Penno. Questionado se tem medo, o prefeito respondeu: “Pistolagem é coisa séria, e a gente sabe que isso é perigoso. Além disso, temos um histórico violento neste sentido na nossa cidade, então todo cuidado é pouco. Espero que a segurança chegue o quanto antes”, contou Eduardo Penno.

A resposta sobre os pedidos do Prefeito ameaçado sobre segurança especial deve chegar ainda hoje.

Eduardo Penno é policial civil e está afastado do cargo devido à condição de Prefeito da cidade de Novo Santo Antônio, ele é casado e tem dois filhos.

Histórico.

Novo Santo Antônio tem um histórico político sangrento, já que no dia 23 de julho de 2011 o prefeito da cidade Valdenir Antônio conhecido como Quatro Olho foi assassinato em sua residência. Dois homens chegaram à pé na casa da vítima e atiraram três vezes no prefeito. “Os tiros foram desferidos a curta distância, basicamente a queima roupa”, disse o delegado Wilyney.

 Na casa estavam os dois filhos do prefeito e uma cunhada. No momento da execução, o filho do prefeito estava atrás do pai e ainda chegou a ver o braço do criminoso com o revólver apontado para seu pai. Por sorte não foi atingido porque conseguiu esconder atrás de uma caixa de som e depois correu para o banheiro.

Os dois acusados de cometer o crime estão soltos. Agencia da Noticia

Responder

comment-avatar

*

*