Presidente da Câmara de Ribeirão Cascalheira sofre atentado em fazenda

O presidente da Câmara Municipal de Ribeirão Cascalheira, Adjar Gonçalves Pereira (PP), conhecido como “Adjar Temtem”, sofreu um atentado  na noite de segunda-feira, 15, por volta das 23h15min, após a Sessão da Câmara Municipal, um atentado. A emboscada aconteceu na entrada de sua fazenda, localizada há 38 km da cidade. Ele diz não saber os motivos da tentativa de homicídio.

O vereador contou que deixou o Legislativo  por volta das 23h15min, em direção a sua propriedade. “Quando cheguei percebi que havia uma corrente e pregos atravessado no mata-burro (para não passar o gado) da fazenda, e uma pessoa estava esperando armado. Eu sai correndo e ele não conseguiu disparar” – disse.

Adjar garantiu que não tem inimizade com ninguém. Relata apenas casos de divergências política. Ele acredita que esse possa ser o motivo desta emboscada. “Não tenho inimizades. Moro há 36 anos em Ribeirão Cascalheira, me criei aqui, minhas três filhas, tenho três mandatos de vereador e um como secretário de Saúde. Estou muito preocupado e temo a minha vida e da minha família” – disse.

Adjar registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar local que esteve presente no local do ocorrido constatando a veracidade dos fatos. No local do ocorrido foi encontrada sacola com lanche, projetil de arma de fogo calibre 38 no chão, garrafa pet com água e um cartão de visita com o nome de uma empresa da cidade de Edéia, em Goiás.

Ribeirão Cascalheira está localizada na região Leste de Mato Grosso, conhecida como Vale do Araguaia. No mês passado, o então  prefeito de Novo Santo Antônio, Valdemir Antônio da Silva, o “Quatro Olhos”,  foi executado dentro de casa, na frente dos filhos, ambos menores. O assassino fugiu em seguida em uma motocicleta.  Existem suspeitas de crime político.

No dia 5 passado, outro prefeito foi morto por  crime de pistolagem em Mato Grosso. Antônio Luiz Cesar de Castro, 43, conhecido por Luizão, de  Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte de Cuiabá), participava de uma festa em um clube da cidade quando dois homens encapuzados entraram e questionaram quem era “Luizão”, como o prefeito era conhecido, após a confirmação os homens efetuaram disparos com uma pistola 380. Os tiros foram disparados com distância de aproximadamente um metro e atingiram a região do tórax e  costas do prefeito. O suspeito deixou o clube a pé.

Fonte:24 Horas News

Responder

comment-avatar

*

*