PRESIDENTE DA SICREDI ALTO XINGU, ELDO RENCK, CONCEDEU ENTREVISTA SOBRE O DIA INTERNACIONAL DO COOPERATIVISMO

No dia 07 de julho comemora-se no mundo todo o Dia Internacional do Cooperativismo. Temos aqui na Região, vários tipos de Cooperativas, entre eles a Sicredi Alto Xingu.

Nós entrevistamos o presidente da cooperativa, Sicredi Alto Xingu, o Sr. Eldo Renck, para nos falar um pouco mais sobre o cooperativismo e este importante momento quando o mundo todo está voltado para a Cooperação.

Presidente, qual a importância desta data?

É uma data universal, ou seja, é comemorada em todo o mundo, todos os anos no primeiro sábado do mês de julho. São mais de 1 bilhão de pessoas em cerca de 100 países associadas de algum tipo de Cooperativa.

Atualmente, o setor cooperativo responde pela geração de mais de 100 milhões de empregos e está presente nos cinco continentes. Na prática, as cooperativas, nas diferentes regiões onde estão inseridas, são motores de inclusão social, geração de renda, promoção de desenvolvimento regional, fomentando a economia.

E no Brasil, como o senhor vê o cooperativismo em termos de representatividade, hoje?

Hoje nós temos cooperativas atuando em vários segmentos, tais como Cooperativas de crédito (Sicredi), produção, ensino, trabalho, transporte, saúde entre outros.

No Brasil, de acordo com dados da OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras), o cooperativismo tem crescido a cada ano: em 2011, o setor atingiu mais de 10 milhões de associados, registrando um crescimento de 11% em relação ao ano anterior.

O aumento dá-se também na geração de empregos: 296 mil pessoas estavam empregadas em cooperativas em 2011, em torno de 9% a mais que em 2010, trabalhando em 6.586 cooperativas.

Em 2011, no ramo crédito, do qual o Sicredi faz parte, a OCB registrou um crescimento de 16% no número de associados, em relação a 2010, totalizando 4,6 milhões de associados em 1.064 cooperativas de crédito. Nesse universo, o Sicredi ultrapassou, em 2011, a marca dos 2 milhões de associados, chegando, em maio de 2012, a 2,1 milhões de cooperados em 113 cooperativas nos dez estados onde o Sistema atua. O Sicredi conta hoje com 1.182 postos de atendimento.

Na sua opinião, qual o grande desafio do cooperativismo nos dias de hoje?

Em minha opinião, o grande desafio está na mudança cultural. As pessoas perceberem que a cooperação, o fazer e construir juntos contribui para que haja uma sinergia e uma mobilização para o bem comum onde todos, diretamente ou indiretamente acabam sendo beneficiados.

E este conceito ganha cada vez mais importância no mundo inteiro. Historicamente, nunca se falou tanto em cooperativismo como tem se falado agora. Nossa cooperativa a Sicredi Alto Xingu, inclusive está participando de intercâmbios com outros Sistemas de Cooperativas de Credito de outros países, como uma troca de experiências na parte de gestão cooperativa, tais como o Sistema DESJARDINS (PRONUNCIA “DEJARDÃN”) do Canadá, e a DGRV na Alemanha no que se refere às melhores práticas de controles internos em Cooperativas de crédito.

Além disso, o conceito “cooperação” está presente em nosso dia a dia, e as pessoas às vezes nem percebem. Hoje temos sites de compras coletivas, onde as pessoas se unem para comprar produtos e serviços mais baratos. As redes sociais nada mais são do que uma grande forma de cooperar em rede. No caso do Sicredi, para quem se interessar, no site do Sicredi, que é www.sicredi.com.br, tem um blog com exemplos de várias ações que se apoiaram no cooperativismo para ter sucesso.

2012 foi chancelado pela ONU como o Ano Internacional das Cooperativas. Gostaria que o senhor falasse um pouco sobre esse momento também da Sicredi Alto Xingu:

A Sicredi Alto Xingu atua de maneira muito relevante na alavancagem do desenvolvimento econômico da região. Hoje em nossa área de ação, que são os municípios de Canarana, Querência, Gaúcha do Norte e Ribeirão Cascalheira, de cada 100 pessoas economicamente ativas, com maior idade e CPF ativo, 26 são associadas da Sicredi Alto Xingu. Dá pra perceber que a Cooperativa é parte importante nessa engrenagem, pois ela, de uma ou outra forma, está presente em pelo menos 50% das famílias nestes 4 municípios onde atua.

Eu sempre gosto de lembrar, que não é a Cooperativa que tem 8.700 associados, e sim são 8.700 pessoas que tem uma Cooperativa, que nada mais é do que um instrumento de organização econômica das Comunidades. A Cooperativa é um agente propulsor do desenvolvimento econômico e social, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas de modo geral.

No Sicredi, os recursos são investidos na própria comunidade. Ou seja, cada associado acaba contribuindo para o desenvolvimento do lugar em que vive. Esse é um forte diferencial do cooperativismo de crédito. Pessoas unidas pelo bem comum a todos E tudo o que é feito com a participação e engajamento de todos, com certeza sempre trará bons e melhores frutos.

(Produzida pela Assessoria de Imprensa do Sicredi)

Agência do Sicredi Alto Xingu de Canarana – MT,

Responder

comment-avatar

*

*