Preso suspeito de aplicar trote que reuniu 50 PMs em Cuiabá


Policiais evacuaram todo prédio e fecharam ruas antes de descobrir que era trote (Foto: Reprodução/ TVCA)

O autônomo Paulo Rodrigues Pereira, de 48 anos, foi preso na tarde de segunda-feira (7) em Cuiabá por suspeita de passar um “mega trote” que resultou na mobilização de mais de 50 policiais e até de um helicóptero para atender a uma falsa ocorrência de assalto no centro da capital. A informação foi confirmada pelo comandante geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Osmar Lino Farias.

Em uma ligação, o suspeito comunicou à polícia um falso assalto em um edifício comercial na Avenida Isaac Póvoas, uma das principais do centro da capital. O autônomo teria dito que pessoas estavam sendo feitas reféns por bandidos fortemente armados, em uma das salas do prédio.

A PM informou que a polícia cercou o local após receber uma denúncia por meio do Centro Integração de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Para a ação na manhã desta segunda-feira, a polícia mobilizou equipes do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope), da Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam) e até um helicóptero do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). No entanto, os policiais fizeram varredura no prédio todo, mas ninguém suspeito foi localizado.

Durante todo o trabalho de atendimento e vistoria feitos pelos policiais, a Avenida Isaac Póvoas permaneceu interditada, o que causou um congestionamento de aproximadamente dois quilômetros, entre a Isaac Póvoas e a Avenida Marechal Deodoro, onde foi feito o desvio do trânsito, entre 8h30 e 11h.

O comandante da PM disse durante entrevista coletiva que a polícia flagrou o autônomo ligando como uma suposta vítima do assalto, e, posteriormente, também como um dos bandidos. No entanto, o suspeito negou o crime. Ainda conforme o comandante da PM, o suspeito deverá responder por de denunciação falsa de crime, previsto no artigo nº 340 do Código Penal. A pena prevê detenção de um a seis meses de reclusão ou pagamento de multa. Ainda de acordo com o comandante, o suspeito, que é morador do bairro Jardim Florianópolis, periferia de Cuiabá, já tem histórico de praticar esse tipo de delito.

Responder

comment-avatar

*

*