Presos 4 suspeitos de cobrar propina para liberar casas populares em MT

Quadrilha exigia R$ 7 mil de vítima para intermediar liberação de imóvel.
Polícia apura suposta participação de órgãos e instituições financeiras.

A polícia prendeu nesta quinta-feira (27) quatro pessoas suspeitas de fazer parte de um esquema de liberação de casas populares do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Conforme a Polícia Civil, a quadrilha exigia R$ 7 mil, sendo a metade à vista e o restante na entrega das chaves do imóvel das vítimas. A quadrilha foi presa em flagrante pelos crimes de estelionato e formação de quadrilha.

A investigação começou depois que uma pessoa procurou a polícia e contou que tinha recebido a indicação para procurar a quadrilha que intermediava o esquema. As negociações eram feitas em uma garagem de revenda de veículos, no Centro de Rondonópolis.

A polícia então orientou a vítima a efetuar o pagamento de R$ 3 mil e, no momento de passar a quantia para os suspeitos de integrar o esquema, foi feito o flagrante. Apesar da prisão dos suspeitos, deve ser dada continuidade na investigação do crime na tentativa de descobrir se há outros envolvidos no crime, bem como se há participação de órgãos públicos e de instituições financeiras. O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf). G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*