Presos cobram marmitas mais cheias e fazem tumulto em cadeia de MT

Detentos quebraram vasilhames de comida servidos no jantar.
Sejduh informou que irá verificar a quantidade da alimentação.

Detentos da Cadeia Pública de Lucas do Rio Verde, a 360 quilômetros de Cuiabá, iniciaram um motim na noite desta terça-feira (10) e quebraram os vasilhames da comida que tinha sido servida para o jantar. Segundo a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado (Sejudh), os reeducandos reivindicam maior quantidade de comida. O tumulto, que durou pouco tempo, ocorreu em uma cela da unidade prisional.

A assessoria da Sejudh informou que será solicitado da Gerência da Alimentação uma visita técnica extra na unidade para verificar se realmente a quantidade de comida servida está pouca para atender as necessidades dos presos. O órgão citou ainda que todos os dias os vasilhames são pesados e fotografados pela equipe responsável pela alimentação na cadeia. Conforme o resultado da avaliação do setor, serão tomadas providências, é o que garantiu a secretaria.

Os presos que causaram o tumulto também devem responder a procedimentos administrativos disciplinares. Pollyana Araújo G1.MT

Responder

comment-avatar

*

*