Presos são transferidos por causa de interdição de cadeia em MT

Quatro presos provisórios foram transferidos na madrugada de sábado (27) da cadeia de Barra do Garças que está interditada para cadeia de Várzea Grande. A medida foi necessária porque os detentos estavam numa cela provisória sem banheiro e são considerados de alto risco a sociedade e não poderiam retornar a convívio social.

Foram transferidos os assaltantes Otacílio José e Vitor Hugo de Souza, o Xixi, que fizeram um roubo violento a dez pessoas inclusive dando tiros e coronhadas nas vítimas; Lauro Menezes, conhecido como tarado da Fan Preta e Suely da Silva presa acusada de tráfico.

Mais seis detentos que estavam na cela provisória que cometerem crimes de menor poder ofensivo foram soltos no final da tarde de ontem. A medida foi anunciada pelos delegados regional Pedro Marcos Manzan e municipal Adilson Gonçalves após conversa com o juiz corregedor Bruno de Oliveira.

Devido as condições precárias, a cadeia de Barra está interditada desde o dia 19/04 para novos detentos. O juiz da 4ª Vara Cível, Jurandir Florêncio de Castilho, julgou procedente a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) e estipulou multa diária de R$ 50 mil para o Estado se descumprir essa ordem.

Construída para 65 detentos na década de 80, a cadeia de Barra está hoje com 165 presos e enfrenta problemas na parte hidráulica, de segurança e de superlotação.olhardireto.

Responder

comment-avatar

*

*