Profissionais da Segurança Pública são treinados para preservar local de crime

Profissionais que atuam diretamente em locais de crimes concluíram na quarta-feira (30.10), o curso de Local de Crime, nível Operador. O curso promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), dentro do Programa Brasil Mais Seguro, é realizado em vários estados para qualificar profissionais da Segurança Pública que investigam em locais de crime.
Em Mato Grosso, a capacitação acontecerá em oito edições, com 60 profissionais, em cada, para atender policiais das Polícias Civil e Militar, do Corpo de Bombeiros e também integrantes do Samu de Cuiabá, Várzea Grande e outras regiões. A primeira turma iniciou a capacitação no dia 29, na Academia da Polícia Judiciária Civil, e finalizou na quarta-feira.
O delegado Rogers Elizandro Jarbas, um dos docentes do curso, disse que o treinamento  tem duração de dois dias  e fomenta a interação das instituições que atuam no cenário de crimes. “Esse treinamento é direcionado aos profissionais que atuam nessas ocorrências, principalmente, aqueles que chegam primeiro aos locais de crime e precisam preservar os vestígios da cena”, destaca.
De acordo com o delegado, muitos dos crimes são esclarecidos porque há preservação do local e assim os vestígios podem ser coletados pela perícia. “Quando não há, a investigação fica prejudicada”, completou.

Responder

comment-avatar

*

*