PSDB poderá lançar nome de Maria Aparecida como pré-candidata à prefeita de Nova Xavantina

 

Quase dois anos depois de entrar em vigor, a Lei da Ficha Limpa foi declarada constitucional nesta quinta-feira (16) pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Por sete votos a quatro, o plenário determinou que o texto integral da norma deve valer a partir das eleições de outubro, ou seja, com a aprovação da lei, a pré-candidatura do ex-prefeito Robison Pazetto não vingou, abrindo caminho para novos nomes, como o nome da professora e atual vice-prefeita Maria Aparecida (PSDB).

Para o presidente do partido, Wande Diniz, a pré-candidatura da professora Maria Aparecida terá que vir dela. Wande lembrou que para ela querer ser candidata, o partido terá que articular um grupo forte para encarar o atual prefeito na eleição deste ano.

Ainda de acordo com o advogado, o partido tem como objetivo principal a eleição para vereador. “Nosso objetivo é trabalhar para ter uma chapa única para vereador, mas se a professora quiser ser candidata a prefeita, vamos dar total apoio em sua candidatura”, frisou.

Wande lembra que o atual prefeito vem realizando um bom trabalho, ao qual, admira muito como pessoa. “Não temos nada contra o prefeito Gercino. A maioria do pessoal do PSDB apoiou ele na eleição passada. Nós estamos aberto as negociações caso a professora não for candidata”, ressaltou o advogado e presidente do partido.

O site tentou entrevistar a professora Maria Aparecida, mas até o fechamento desta matéria, ninguém atendeu o telefone de casa e nem o celular.

NotíciasNX

Responder

comment-avatar

*

*