Quatro suspeitos de matar andarilho queimado em MT continuam detidos

Eles teriam espancado, jogado álcool e depois ateado fogo na vítima.
Crime ocorreu no último sábado (22) em Tangará da Serra (MT).

Quatro adolescentes continuam detidos por suspeita de terem espancado, jogado álcool e depois ateado fogo em um morador de rua, no último sábado (22), em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá. Todos eles já têm passagens pela polícia, segundo a Polícia Civil. Pela lei, eles só poderão permanecer detidos por cinco dias até que a Justiça decida sobre a transferência deles para uma unidade socioeducativa.

Outros dois adolescentes que tentaram ajudar na fuga desses quatro suspeitos foram ouvidos pela polícia e liberados, em seguida. O crime ocorreu na madrugada de sábado quando a vítima dormia em frente à Igreja Matriz, no Centro da cidade. À princípio, a suspeita era de que cinco adolescentes teriam envolvimento no crime, porém, um deles foi liberado após a polícia entender que ele não teria participado.

Imagens de câmeras de segurança registraram um foco de luz no momento do incêndio. O andarilho teve 45% do corpo queimado. Ele foi socorrido e levado ao Hospital Municipal, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Conforme a Polícia Civil, os suspeitos compraram uma quantidade de álcool em um posto de combustível, que também poderá ser responsabilizado pela venda. A delegada Nubya Beatriz Gomes dos Reis, que apura o caso, disse ainda que outros dois adolescentes, de 12 e de 16 anos, foram vistos tentando jogar uma serra e um canivete por um portão do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), onde os suspeitos encontram-se detidos. Os objetos ajudariam na fuga dos outros adolescentes.

Responder

comment-avatar

*

*