Rodovia no Nortão é liberada; governo promete medidas

Lideranças políticas e representantes de entidades de classe desbloquearam, agora há pouco, a MT-320, no quilômetro 22, depois de mais três horas de protesto, próximo a Colíder (160 quilômetros de Sinop). O presidente da câmara colidense, Ricardo Caldeira Resende, o “Lika”, explicou, ao Só Notícias, que o congestionamento nos dois sentidos chegou aproximadamente oito quilômetros. Extraoficialmente, disse ter sido informado que o governador Silval Barbosa (PMBD) deve se pronunciar sobre as melhorias reivindicadas.
O objetivo com a medida “extrema” foi chamar atenção do governo do Estado para a precariedade da rodovia. No trecho Colíder-Alta Floresta, por exemplo, os motoristas chegam a fazer em quatro horas o percurso de 160 quilômetros devido a buraqueira. Lideranças políticas de Colíder e da região apontam que documentos já foram enviados ao governo do Estado e inclusive reuniões feitas, todas sem sucesso. Há críticas também às operações “tapa-buracos”, que não amenizariam o problema do tráfego.
As autoridades argumentam que as condições da rodovia tem prejudicado a logística na região. Frigoríficos estariam tendo dificuldades na programação de abates, por não haver “certeza” da chegada ou não das carretas com os animais.
Além da rodovia, a intenção foi chamar atenção para as condições do Hospital Regional. Conforme Só Notícias já informou, o presidente da Câmara de Colíder afirmou anteriormente que a situação é delicada. “Não há médicos suficientes, especialistas para atender a demanda, são poucas UTIs (Unidades de Tratamento Intensivo)”.
Representantes de prefeituras e câmara da região, além de lideranças políticas como o deputado federal Nilson Leitão (PSDB) e o deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM) participaram do protesto. Representantes do Sindicato Rural, Lions Clube, Maçonaria, Associação Comercial e também de prefeituras e câmara da região integraram o manifesto. 24 Horas News

Responder

comment-avatar

*

*