Sem chuva peixes estão morrendo em córrego no interior de Água Boa

Devido à falta de chuvas está acontecendo mortandade de milhares de peixes no córrego das Antas no interior do município de Água Boa.

A água do córrego ainda está correndo só que baixa intensidade, mas falta oxigênio para os peixes e eles acabam morrendo.

Os Piaus são os mais sensíveis e os maiores são os que morrem primeiro. Nas imediações da cabeceira do córrego choveu nesta temporada cerca de 10 mm apenas, o que não foi suficiente para aumentar o fluxo das águas nas nascentes e nem houve enxurrada para oxigenar a água.

A falta de oxigenio na água foi amenizado nos dias das chuvas esparsas, voltando a ocorrer nesta semana após muitos dias de seca novamente. A previsão para os próximos 8 dias é de tempo seco e poderá aumentar o problema.

Consciência ecológica

A preocupação é grande, haja vista que as margens deste córrego são preservadas pelos moradores com cobertura de vegetação nativa e ainda com acréscimo de plantio de árvores frutíferas e essências florestais, com o intuito de preservar a fauna e a flora, para evitar tragédias com esta que está acontecendo.

O córrego das Antas nasce dentro da fazenda Santo Antônio a margem direita da rodovia MT 240 a 45 km de Água Boa e segue no P. A. Jaraguá por cerca de 10 km até desaguar no Rio Sete de Setembro que é afluente do Rio Xingu.

Este córrego é considerado em toda a região como o mais caudaloso devido à preservação ambiental dos moradores se ele secar é sinal de mais mortes de peixes ao longo do rio Sete. Água Boa News

Responder

comment-avatar

*

*