Sem legista, corpo de prefeita fica ‘preso’ e só é liberado após intervenção política

A falta de médicos legistas em Goiás atrasou a liberação do corpo da prefeita de Ribeirão Cascalheira, Patrícia Vilela (PMDB), que faleceu com esposo Maurílio Vilela em um acidente. Ambos  estavam numa caminhonete Triton que bateu de frente com outra caminhonete. No acidente, também faleceu Sandra Polizeli. A colisão  aconteceu por volta das 15 horas em Aeronópolis, a 120 km de Barra do Garças, mas como não tinha médico legista em Iporá, os corpos foram levados para Aragarças-GO, onde também estava sem médico legista.

Foi necessária uma intervenção política dos vereadores Abadio e Nego Schneider, que ligaram para o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, que por sua vez, ligou para o prefeito de Barra do Garças, Roberto Farias, que conseguiu localizar um médico de Barra do Garças que atende no IML de Aragarças.

Os corpos somente foram liberados na manhã de hoje. “Eu achei uma absurdo uma situação dessa não tem médico legista em Iporá e Aragarças para atender. E o delegado regional de Iporá que demorou atender a ocorrência”, disse o vereador Schneider.

Até guia para preenchimento não tinha no IML de Aragarças e tiveram que buscar em Bom Jardim. Os corpos de Patrícia e esposo foram preparados na Funerária Pantanal em Barra do Garças e seguem em cortejo de carro para Ribeirão onde serão levados por duas horas. “Nós pedimos a família que a Patrícia seja velada em Ribeirão para depois seguir para a cidade natal dela Israelândia onde será sepultada juntamente com o esposo”, frisou o presidente da Câmara, vereador Abadio.

Segundo Abadio, o acidente aconteceu porque asfalto estava escorregadio por causa de óleo na pista e uma caminhonete rodou vindo a bater na outra. No carro da prefeita faleceram Patrícia e esposo Maurílio. A sobrinha da prefeita, Bruna, de 14 anos, sobreviveu e foi operada em Iporá-GO. Na outra caminhonete, faleceu Sandra Polizeli cuja família é de Barra do Garças e o corpo foi removido para Goiânia.

olhardireto.

Responder

comment-avatar

*

*