Servidor do Fórum de Xavantina é acusado de estupro de vulnerável

Um servidor do Fórum do município de Nova Xavantina foi denunciado pelo Ministério Público por crimes contra dignidade sexual contra duas sobrinhas que eram abusadas pelo homem identificado como Roberto Donizete.

De acordo com informações repassadas ao Agência da Notícia, uma das crianças era obrigada a assistir filmes eróticos com o tio que se masturbava durante os atos além de acariciar a menina.

Segundo o processo Roberto teria hospedado a adolescente, em sua casa, em Nova Xavantina, durante dois meses por questões familiares, foi quando começou os abusos contra a menor de idade de 14 anos, e em uma noite o servidor público invadiu o quarto da garota tirou sua roupa e estuprou a menina.

Conforme a acusação, e de acordo com o processo público, Roberto Donizete no ano de 2009 praticou na presença da sobrinha menor de 12 anos, ato libidinoso a fim de satisfazer lascívia própria (masturbação). Meses depois desse primeiro fato ele teria levado mais uma vez a vítima, até sua residência e na intenção e satisfazer a vontade própria, o acusado terminou por mostrar sua genitália em movimentos de masturbação.

O acusado é servidor do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, ocupa o cargo de técnico judiciário está lotado na comarca de Nova Xavantina (onde tramita o processo), e continua exercendo sua profissão normalmente.

Responder

comment-avatar

*

*