Servidor público do Indea de Querência é afastado sob acusação de Assédio Sexual

A medida pode ser prorrogável por mais 60 dias, afim de não influir na apuração das irregularidades.

Publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea), um servidor por 60 dias do Município de Querência, “em tese, teria cometido assédio sexual a uma servidora e, em tese, proferido palavras de baixo calão na presença de outros servidores, e, em tese tentado agredi-la fisicamente, em tese, sendo impedido por outro servidor, e, em tese estar desestabilizando o ambiente de trabalho”, diz a publicação com data de ontem (02-09). 

A medida pode ser prorrogável por mais 60 dias, afim de não influir na apuração das irregularidades. Segundo a publicação o servidor está à disposição da Empaer em Querência, devendo cumprir seu horário de trabalho normalmente. 

Assina a portaria a presidente do Indea, Maria Auxiliadora Diniz e o secretário auditor geral do Estado, José Alvez Pereira Filho, que informa ainda que o Processo Administrativo (PAD) deve iniciar em 10 dias a contar da citação do servidor acusado e será realizada por três servidores. VIA AGENCIA DA NOTICIA 

Responder

comment-avatar

*

*