Servidores do Ibama Mato Grosso aprovam indicativo de greve

Os servidores do Ibama em Mato Grosso não trabalharão nesta segunda-feira. Eles vão protestar contra a falta estrutura para desempanharem suas funções, vão protesar contra a Lei Complementar 140 que tirou algumas atribuições fiscalizatórias em empreendimentos privados (como hidrelétricas) e as repassando para os municípios. O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Mato Grosso (Sindsep-MT), José Vespasiano Lisboa Assumpção, explicou, ao Só Notícias que outra cobrança é para ser apresentado o plano de cargos, carreiras e salários dos servidores ambientais. “Estamos cobrando isto desde 2008. O governo federal está sempre enrolando. Temos reunião dia 14 e esperamos algo concreto. Nesta data tem outra paralisação”, confirmou. “Essa questão vai refletir em melhores salários”, emendou.

A categoria decidiu ainda o indicativo de greve a partir do próximo dia 18. “Nosso objetivo é chamar a atenção do governo com o indicativo de parlisação aproveitando a conferência Rio + 20 para serem atendidas nossas reivindicações”, disse José.

Ele disse ainda que há adesões nas gerências regionais. Uma delas é Sinop – que coordena ações ambientais em mais de 30 cidades do Nortão.

Notícias/Editoria

Responder

comment-avatar

*

*