Silval admite caos em estradas no Mato Grosso

O govenador Silval Barbosa (PMDB) admitiu na manhã de sábado (13) que mesmo com todos os esforços do governo estadual na pavimentação e manutenção das rodovias estaduais, ainda vai demorar muito para que os problemas estruturais e com atoleiros cheguem ao fim.

Segundo ele, Mato Grosso possui uma das maiores malhas viárias do país. São ao todo cerca de 30 mil quilômetros de rodovias estaduais, dos quais apenas 10 mil estão pavimentados. O avanço da agricultura e aumento no volume de veículos pesados também tem contribuído para a deterioração do pavimento.

“Com o avanço da agricultura, em estradas que antes só trafegavam carros de boi, de um ano pro outro, passaram a trafegar caminhões de 75 toneladas no período das chuvas. Não tem estrada, não tem ponte que aguente. Essa choradeira que a gente vê todos os anos de caminhão atolando, ponte rondando, está longe de acabar. Vai ocorrer por muitos anos ainda por que o Estado não consegue estar presente ali, com os recursos para atender aquelas demandas”, admitiu.

De acordo com o chefe do Poder Executivo, Mato Grosso está à frente de outros estados no que diz respeito a quantidade de asfalto construído até agora, mas mesmo assim ainda é ainda é insuficiente para a demanda.

“Nós vamos construir 3 mil quilômetros de asfalto. Isso é inédito no País, nenhum outro estado vai construir como nós, mas não vai acabar aquele atoleiro de final de ano na chuva por que nós temos 30 mil quilômetros de rodovias estaduais, desse total só tem 10 mil pavimentados e mais 4 mil para recuperar, mas vão ficar 20 mil sem pavimentar e mais de 100 mil que são de competência dos municípios de estrada de chão. Quem dá conta disso? Não dá, por isso a gente ter que ter o bom senso e admitir que a reclamação dos prefeitos e deputados não é em vão”, finalizou.

Laura Petraglia / Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*