Primavera do Leste taxista é baleado, espancado e jogado de penhasco

A Polícia procura três homens – um deles armado com um revólver – que renderam Raul Alves de Siqueira, de 43 anos, que foi espancado, atingido por um tiro na cabeça e jogado de um penhasco.
Populares socorreram o taxista, que ficou só de cueca, e o levaram o Pronto-Atendimento de Primavera do Leste. Mas, devido aos ferimentos, o taxista foi transferido em estado grave para o Hospital Regional de Rondonópolis.
O assalto ocorreu na noite de sábado (27), por volta das 20h30, no terminal rodoviário de Primavera do Leste (cidade a 230 quilômetros da Capital), onde o taxista fazia ponto.
De acordo com informações da Polícia, os criminosos combinaram uma corrida até o assentamento Primavera, a 10 quilômetros do local. Porém, logo após deixarem a rodoviária, um dos ladrões mostrou à vítima que estava armado e o obrigou a mudar a direção e seguir em direção a Barra do Garças.
Conforme o taxista, durante o trajeto, um dos ladrões o agrediu com várias coronhadas. Em seguida, um deles pegou o volante. Eles rodaram quase 80 quilômetros, chegando à região do Batovi, percorrendo cerca de seis quilômetros de chão.
Numa outra ponte, os ladrões desceram do carro, espancaram novamente o taxista, deixando marcas de sangue no local. Ele foi deixado no local e foi encontrado por populares, gravemente ferido.
Policiais que atenderam a ocorrência informaram que o táxi foi localizado abandonado em uma estrada que dá acesso à Vila União, a 20 quilômetros de Primavera do Leste. Folha do Araguaia

Responder

comment-avatar

*

*