Unemat pode ter emenda de R$ 1 mi no orçamento para campi de Alta Floresta e Nova Xavantina

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) poderá contar com R$ 1 milhão para construção de uma nova biblioteca no campus de Alta Floresta e de uma sede em Nova Xavantina. Os recursos fazem parte de emenda parlamentar indicada pelo deputado federal Valtenir Pereira (PROS) no Orçamento Geral da União (OGU).

Para concorrer ao recurso, a reitoria da Unemat precisa cadastrar as propostas e os respectivos projetos junto ao Ministério da Educação. De acordo com a assessoria do deputado, após análise técnica e aprovação, os convênios estarão aptos para serem firmados e os recursos em condições de serem liberados, podendo, inclusive, as obras terem início ainda este ano.

“A melhoria dos ambientes físicos tem reflexos diretos na melhoria do ensino e do aprendizado. Todos saem ganhando: alunos, professores e a própria sociedade. Vamos continuar a buscar recursos, para que todos os campi possam contar com a estrutura necessária”, justificou Valtenir.

Além da Unemat, a população de Alta Floresta também vai contar em breve com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) que funcionará na cidade em sede própria.

“O Instituto tem tradição em semear conhecimento e transformar as pessoas. Em Alta Floresta, o foco do Instituto Federal será a formação dos nossos jovens para o trabalho. O futuro de qualquer nação está na educação”, disse o deputado.
Cerca de R$ 27 milhões foram indicados através de uma emenda de bancada para a expansão, reestruturação e aquisição de equipamentos e materiais permanentes do IFMT. A liberação dos recursos ainda dependerá do Governo Federal, vez que emendas de bancadas, diferente da emenda individual, não tem caráter impositivo. Olhar Direto

Responder

comment-avatar

*

*