Valor da produção em Mato Grosso avança 15%

O Valor Bruto da Produção (VBP) de Mato Grosso registra alta de 15%, saltando de R$ 39,646 bilhões em 2012, para R$ 45,634 bilhões este ano. As estimativas da renda agrícola foram divulgadas nesta quinta-feira (14) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que chegou ao montante a partir dos levantamentos da safra de grãos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), além de considerar o preço dos produtos no mercado.

Representando 62,5% da composição do VBP estadual, a estimativa é que a sojicultura alcance R$ 28,562 bilhões este ano, montante 28% superior ao de 2012, de R$ 22,313 bilhões. Já o milho deve ter alta de 17% este ano com o VBP de R$ 8,587 bilhões, contra os R$ 7,328 bilhões em 2012.

Em baixa –
Quatro das 12 culturas do Estado apresentam queda no VBP. Dentre elas, o algodão, que deve recuar pelo 2º ano consecutivo. Em 2011, a renda das lavouras em Mato Grosso foi de R$ 10 bilhões e a estimativa atual é de R$ 6,036 bilhões, queda de 39,6%. De acordo com o diretor executivo da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Décio Tocantins, o algodão é a única cultura do país com defasagem na Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM).

“Essa revisão é importante porque o preço mínimo dá sustentação ao produtor e hoje, após uma década sem reajuste, ele está abaixo do custo de produção”. Hoje o preço mínimo para o algodão é de R$ 44,60 a arroba, enquanto o custo variável de produção para a safra 2012/2013, de acordo com a Conab, está na média de R$ 56 a arroba. A revisão no preço mínimo do algodão fez parte da pauta de reivindicações do setor durante reunião com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, no início desta semana, em Cuiabá. Agro Noticia

Responder

comment-avatar

*

*