Várzea Grande vai ter IML e Politec

No município de Várzea Grande vai ser implantada uma unidade do Instituto Médico Legal (IML) e um complexo da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (POLITEC). A indicação apontando a necessidade foi feita pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antonio Azambuja (PP). O pedido foi aceito pela Secretaria de Estado de segurança Pública.

De acordo com o diretor geral da Politec, Rubens Okada, o órgão é favorável não apenas a implantação do IML, como também as unidades de pericia criminal (plantão) e de identificação técnica.

O secretário de Segurança Pública em substituição, Antonio Roberto Moraes, informou que a concepção básica arquitetônica que possa atender as necessidades já foi concluída, faltando apenas à elaboração dos projetos executivos.

O autor da indicação, deputado Azambuja, explica que para a realização do projeto, se faz necessário que a Prefeitura Municipal de Várzea Grande disponibilize um terreno compatível, além de uma localização que possa atender aos anseios da população, bem como a agilidade no atendimento das ocorrências.

Para o diretor Rubens Okada, o apoio do deputado Antonio Azambuja é fundamental para a concretização deste projeto. “Agradecemos a indicação, que vem ao encontro do planejamento da Politec, contamos com o apoio do deputado na efetivação deste projeto”, declarou Okada.

Azambuja defende que o IML e a Politec prestam serviços técnico-científico importantes na área de medicina legal e precisa ter as mínimas condições para atender a demanda do município de Várzea Grande. “A construção das unidades para a cidade Industrial representa melhorar as condições de atendimento da população e o esclarecimento de crimes e infrações”, apontou.

Conforme o vice-presidente com essa obra, Várzea Grande passa a ser núcleo próprio, não dependendo mais da Capital, permitindo maior agilidade e controle das ações.

Responder

comment-avatar

*

*