Vice-prefeito de Água Boa tem ampla vantagem; Mariano em 2º

  O vice-prefeito de Água Boa Luiz Schuster (PMDB), apoiado pelo prefeito de segundo mandato Maurício Tonhá, o Maurição (PR), é o líder nas pesquisas de intenção de voto à sucessão municipal. Numa simulação com 12 possíveis candidatos, o nome do peemedebista aparece com 41,7%. Em segundo lugar e bastante distanciado do líder figura o médico Mariano Kolankiewicz, com 12,6%. Os dados são do instituto Mark, em pesquisa feita em parceria com o RDNews nos dias 26 e 28 de fevereiro. Foram ouvidos 199 eleitores de 15 bairros. A margem de erro é de 5% para mais ou para menos.

  Segundo a pesquisa, o presidente da Câmara Municipal, vereador Mauro Rosa da Silva, o Maurão (PPS), detém 7% das intenções de voto. Os demais possíveis candidatos estão com menos de 3 pontos percentuais, como o ex-prefeito Selso de Carvalho (PSD) e o vereador Marcos Júnior Mendonça, o Marquinhos (PDT), ambos com 2,5%, e o empresário rural JR Garruti (PR), com 2%. O secretário de Educação e ex-vereador Edilson Spenthof (PT) é lembrado da pesquisa estimulada por 1,5% do eleitorado de Água Boa. O produtor rural Lirio Moggione (DEM) e o empresário Pedro Bonetti (PR) seguram a condição de lanternas, com 1%, como o também empresário Kleber (PR) e o vereador e ex-presidente da Câmara José Ari Zandona (DEM), ambos com somente 0,5%.

     Luiz Schuster bateria hoje todos os virtuais concorrentes à sucessão municipal. Num cenário contra Maurão e Edilson, ele chegaria a 47,2%, enquanto o vereador do PPS teria apenas 10,6% – ver cenário A. Em outra simulação, desta vez sem o vice-prefeito, Maurão alcançaria os 26,1% das intenções de voto, batendo Garruti e Ari Zandona. Se os adversários do presidente do Legislativo fossem Kleber e Pichetti, ele também sairia vitiorioso, com 25,6%. De acordo com os pesquisadores, sem Schuster e Maurão, Marquinhos obteria 5% se seus adversários fossem Lírio e Edilson.

     Espontânea e trabalho de campo

    Na pesquisa espontânea, situação em que o entrevistado declina o nome de preferência sem auxílio de uma listagem de pré-candidatos, o nome do vice-prefeito também aparece em primeiro lugar, com 13,1%. Empatados e com percentuais “acanhados” estão Mariano e Maurão, lembrados por apenas 1,5% dos entrevistados.

   A pesquisa está registrada da Justiça Eleitoral sob protocolo MT-00009/2012. Dos eleitores ouvidos, 4% moradores da zona rural e, 96,%, na urbana. A amostragem abrangeu 15 bairros: Vila Nova, centro, Tropical, Serrinha, Setor Rodoviário, Comunidades Rurais, Coopercana, Nova Era, Setor Norte, Cristalino II e III, Guarujá/Expansão, Operário, Cristalino, Bairro Universitário e Primavera. Dos entrevistados, 52,8% são do sexo masculino e, 47,2%, feminino. Em relação a idade, 1,5% tem 16 ou 17 anos; 7,5% registram de 18 a 24 anos; 26,6%, de 25 a 34 anos; 36,7%, de 35 a 44 anos; 21,6%, de 45 a 59 anos; e 6% possuem mais de 60 anos.

   Quanto à escolaridade, a maioria (62,8%) tem o 1º grau completo e/ou 2º incompleto; 19,6% contam com o primário completo e/ou 1º grau incompleto; 12,6% disseram ter o 2º grau completo e/ou superior incompleto; 3% são analfabetos e/ou cursaram o primário incompleto e 2% têm superior completo. A renda da maior parte dos eleitores vai de 1 a 5 salários (87,4%).

romilson dourado rd news

Responder

comment-avatar

*

*